Reservas internacionais crescem US$ 8,7 bilhões em outubro

SÃO PAULO, 24 de novembro de 2009 - As reservas internacionais no conceito liquidez, que inclui o saldo das operações de empréstimo em moedas estrangeiras, somaram US$ 232,9 bilhões em outubro deste ano, com acréscimo de US$ 8,7 bilhões na comparação com o mês anterior, segundo informou hoje o Banco Central (BC).

No conceito caixa, as reservas internacionais atingiram US$ 231,1 bilhões, com alta de US$ 9,5 bilhões, na mesma base de comparação.

As intervenções totais da autoridade monetária somaram compras líquidas de US$ 7,5 bilhões, distribuídas em compras à vista (US$ 6,7 bilhões) e retorno de operações de empréstimo (US$ 787).

De acordo com a autoridade monetária, destacaram-se o lançamento do bônus Global 41, no valor de US$ 1,3 bilhão e as receitas de juros que remuneram as reservas internacionais de US$ 332 milhões. As demais operações externas, incluídas variações de preços e de paridades, elevaram o estoque em US$ 362 milhões.

(CSU - Agência IN)