Moagem de cana-de-açúcar cresce 7,5% no acumulado do ano

SÃO PAULO, 24 de novembro de 2009 - A União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica) informou hoje que o volume de cana-de-açúcar processado na atual safra até 16 de novembro pelas unidades produtoras da principal região canavieira do País, o Centro-Sul, atingiu 471,5 milhões de toneladas, 7,5% acima do total no mesmo período da safra anterior.

Apesar do avanço em termos de volume, a quantidade total de produtos obtidos da cana processada só avançou 0,51% em relação ao da safra anterior para o mesmo período.

Segundo a Unica, o Açúcar Total Recuperável (ATR) por tonelada de cana permaneceu baixo, em função principalmente da maior intensidade de chuvas que, desde junho, vem favorecendo o crescimento vegetativo da planta, mas não a concentração da sacarose. Essa tendência se manteve na primeira quinzena de novembro, que registrou ATR de 127,94 quilos por tonelada, 7,5% inferior aos 138,32 quilos por tonelada da safra passada na mesma quinzena, e 0,5% abaixo dos 128,52 quilos observados na quinzena anterior.

Por sua vez, o volume de cana processado na segunda quinzena de novembro atingiu 28,9 milhões de toneladas, 4,3% inferior ao da quinzena anterior (segunda quinzena de outubro), e 11,14% superior ao mesmo período da safra passada. No acumulado da atual safra, a quantidade de produtos obtidos da cana processada desde o início da safra atingiu 132,32 quilos em 16 de novembro, 6,5% menor que o valor para o mesmo período da safra passada.

Do total da cana processada na primeira quinzena de novembro, 56,55% foi destinada à produção de etanol, com um volume produzido de 1,217 bilhão de litros, sendo 440 milhões de etanol anidro e 777 milhões de hidratado. A produção de açúcar, por sua vez, totalizou 1,531 milhão de toneladas.

De acordo com a entidade, esses números evidenciam a dificuldade de produção de açúcar no último terço da safra e o avanço da produção de etanol anidro em relação à de hidratado, tendência que já havia sido observada no último mês.

Na primeira quinzena de outubro, a produção de etanol anidro representou 31,7% de toda a produção de etanol no período. Já na segunda quinzena de novembro esse valor cresceu, atingindo 36,2%. A produção de açúcar ficou com 46,45% da cana processada no Centro-Sul na primeira quinzena de outubro, índice que caiu para 43,45% na primeira quinzena de novembro.

No acumulado da safra, a produção de etanol chegou a 20,4 bilhões de litros em 16 de novembro, e a de açúcar alcançou 26,2 milhões de toneladas.

(Redação - Agência IN)