Renda fixa tem dia de baixa liquidez

SÃO PAULO, 23 de novembro de 2009 - Após o feriado em função do Dia da Consciência Negra na sexta-feira, que deixou fechada a BM&FBovespa e bancos em vários municípios brasileiros, o mercado de renda fixa voltou a operar com poucos negócios.

Na BM&FBovespa, os prêmios dos contratos de Depósito Interfinanceiro (DI) fecharam dentro da estabilidade. O DI com vencimento em janeiro de 2011 projetou taxa anual de 10,17%, ante 10,18% do ajuste anterior. Este contrato foi o mais negociado com apenas 91,6 mil transações efetuadas e giro de R$ 8,2 bilhões.

E foi neste clima de volta do feriado que o investidor repercutiu os números sobre arrecadação divulgados pelo governo. Informações da Super Receita mostram que em outubro foram arrecadados R$ 68,839 bilhões, com crescimento real de 0,90%, em comparação a outubro do ano passado, descontada a inflação oficial, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Esse foi o primeiro resultado positivo depois de 11 meses.

Além dos dados da Receita, os agentes monitoraram o boletim Focus, que não trouxe grandes surpresas. Segundo o documento, a estimativa para o desempenho do Produto Interno Bruto (PIB) deste ano ficou inalterado em 0,21%. Para 2010, a expectativa positiva também ficou inalterada em 5%. Os analistas apostam ainda na taxa básica de juros (Selic) em 8,75% ao ano, em 2009 e 10,50% em 2010. A estimativa de inflação (IPCA) para este ano também seguiu inalterada, em 4,26%. Para 2010, o índice teve alta de 0,02 ponto percentual, para de 4,43%.

Vale ressaltar que avaliação positiva do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de seu governo voltaram a crescer segundo a pesquisa CNT/Sensus, divulgada hoje pela Confederação Nacional do Transporte.

(Maria de Lourdes Chagas - Agência IN)