Inadimplência de empresas sobe 4,3% em outubro, diz Serasa

Portal Terra

SÃO PAULO - A inadimplência das empresas subiu 4,3% em outubro, na comparação com o mesmo mês de 2008, segundo pesquisa da Serasa Experian divulgada nesta segunda-feira. Foi a menor elevação no ano ante o mesmo mês do ano passado.

Na relação com setembro a inadimplência das pessoas jurídicas apresentou elevação de 0,8%, enquanto entre os acumulados de janeiro e outubro a alta foi de 24,3%.

Segundo analistas da Sersa, "a perda de fôlego da inadimplência das pessoas jurídicas, que vem sendo notada desde de junho, foi motivada pelo melhor quadro da inadimplência das pessoas físicas e a volta gradual do crédito às empresas, com juros mais baixos".

De janeiro a outubro deste ano, os títulos protestados representam a maior parte das dívidas, com 41,6% e valor médio de R$ 1.763,43. Em seguida aparecem os cheques sem fundo, com 38,8% e média de R$ 1.621,91. As dívidas com bancos tiveram participação de 19,6% no indicador e valor médio de R$ 4.568,14.

Para o final de 2009, a expectativa dos técnicos da Serasa "é de continuidade do decréscimo na inadimplência das empresas, em decorrência da economia mais aquecida".