EUA: futuros sobem após comentário de integrante do FED

REUTERS

REUTERS - Os índices futuros das bolsas de valores americanas subiam cerca de 1% nesta segunda-feira, ameaçando cortar o ciclo de perdas de três sessões em meio à alta das ações de recursos naturais e à baixa do dólar.

James Bullard, presidente do Federal Reserve (FED) de St. Louis, disse no domingo que o banco central deveria estender o seu programa de compra de ativos relacionado a hipotecas para dar aos formuladores de política monetária maior flexibilidade e ajudar a economia a se recuperar da dolorosa recessão.

O índice do dólar caía 0,8% nesta segunda-feira, enquanto os futuros do petróleo para janeiro tinha alta de 1,3% a US$ 78,45 o barril. O ouro quebrou mais um recorde, chegando a US$ 1.167,45 a onça.

"O dólar está enfraquecendo, e a tendência tem sido de que um dólar fraco puxe as commodities e as bolsas para cima", disse Arthur Hogan, analista-chefe da Jefferies & Co em Nova York.

"Após a baixa que nós acabamos de ter, você verá uma entrada de compradores, que podem levantar impulsionar o mercado possivelmente mais que 1 por cento", ele acrescentou.

Os futuros do S&P 500 tinham alta de 10,4 pontos, os de Dow Jones ganhavam 95 pontos e os de Nasdaq 100 subiam 15,5 pontos.

A Hewlett-Packard, último componente de Dow Jones a ter resultados trimestrais, deve divulgar o balanço após o fechamento do mercado. A Campbell Soup também deve informar seus resultados.

Os dados econômicos desta segunda-feira incluem a venda de casas usadas no mês de outubro.