Dados econômicos impulsionam índices acionários dos EUA

SÃO PAULO, 23 de novembro de 2009 - Os principais índices acionários norte-americanos encerraram o pregão desta segunda-feira em alta. O bom humor dos agentes financeiros foi motivado pelos indicadores econômicos melhores do que o esperado e notícias corporativas.

No final das negociações, o índice Dow Jones apresentou expansão de 1,29%, para os 10.450 pontos; o Nasdaq valorizou 1,40%, para os 2.176 pontos; e o S&P 500 avançou 1,36%, para os 1.106 pontos.

Os investidores se animaram com a notícia de que as vendas de imóveis usados nos Estados Unidos tiveram crescimento de 10,1% em outubro de 2009, com ajustes sazonais, para uma taxa anualizada de 6,10 milhões de unidades.

Além disso, o índice ficou acima (23,2%) na comparação com outubro de 2008, que registrara 4,94 milhões de unidades vendidas.

O mercado também repercutiu positivamente a revisão para cima de um grupo de economistas de empresas dos Estados Unidos. A Associação Nacional de Economistas Empresariais estimou que o Produto Interno Bruto (PIB) norte-americano crescerá 2,9%, acima da estimativa de outubro de 2,6%. No entanto, a entidade previu que o desemprego seguirá elevado no país.

(Redação - Agência IN)