Acordos salariais em São Paulo beneficiam 33 mil trabalhadores

Agência Brasil

SÃO PAULO - O Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo fechou 210 acordos salariais até hoje, o que beneficia 33 mil trabalhadores. O processo de negociação direta começou em outubro, depois de quase dois meses de campanha salarial. Segundo a entidade, mais de 9 mil empresas empregam metalúrgicos na capital e no interior.

Ontem, os dois mil trabalhadores da Lorenzetti, em greve desde terça, fecharam um acordo com a empresa depois de aceitarem o aumento de 6,54% e abono salarial de 25,6%.

Os funcionários da Fundesp, que fizeram uma greve relâmpago, aceitaram a proposta de reajuste salarial de 8% e de 24% no valor do abono salarial para quem ganha o piso (R$ 748); e aumento de 7%, mais 21% de acréscimo no valor do abono, para quem ganha acima do piso.