Meirelles não teme pressão inflacionária em 2010

REUTERS

BRASÍLIA - O presidente do Banco Central do Brasil, Henrique Meirelles, disse não temer pressões inflacionárias significativas em 2010, apesar da previsão de crescimento econômico perto de 5%. Ele fez os comentários em entrevista ao Financial Times desta quinta-feira.

- Nossa previsão de inflação para o ano que vem é de 4,4%, levemente abaixo do centro da meta de 4,5%. A expectativa é de que não teremos pressão em 2010, mas como todo banco central temos que observar atentamente - enfatizou.

Meirelles acrescentou que o país está bem preparado para enfrentar outra eventual crise financeira, devido à força de sua demanda doméstica e ao crescimento do emprego. - O consumo doméstico e a demanda por investimentos significam que estamos bem preparados para lidar com outros problemas externos - concluiu.