Prêmios dos DIs abrem em queda na BM&FBovespa

SÃO PAULO, 4 de novembro de 2009 - As projeções de juros embutidas nos contratos de Depósito Interfinanceiro (DI) abrem sinalizando queda. Há pouco, contrato de DI de julho deste ano projetava juro de 9,08%, ante 9,09% do ajuste de ontem. O DI de janeiro de 2011 indicava taxa de 10,23%, frente aos 10,25% do último fechamento. O DI de janeiro de 2012 registrava juro de 11,54%, ante 11,56% da véspera.

Nesta manhã os agentes receberam mais dados de inflação. O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) medido pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe/USP) acelerou para 0,25% em outubro deste ano, frente variação de 0,16% no mês anterior. Os gastos com transporte impulsionaram a alta índice, apresentando variação positiva significativa.

Já o Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S), referente a outubro, apresentou declínio em 3 das 7 capitais monitoradas, segundo informações divulgadas hoje pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). De acordo com a pesquisa, a taxa teve variação negativa em: Belo Horizonte, passando de 0,02% para -0,04%; Porto Alegre, de 0,30% para 0,13% e São Paulo, de 0,00% para -0,09%.

(Maria de Lourdes Chagas - Agência IN)