Preço do álcool sobe 7% no Rio de Janeiro em outubro

SÃO PAULO, 4 de novembro de 2009 - Os motoristas cariocas foram surpreendidos com o aumento de 7% no preço do álcool no último mês. Com a variação, o litro está cotado, em média, a R$ 1,78. Ainda assim, os proprietários de veículos bicombustíveis devem optar pelo derivado da cana-de-açúcar, mais vantajoso que a gasolina, que tem preço médio de R$ 2,58 na cidade.

Já diesel, biodiesel e GNV podem ser encontrados por R$ 2,02; R$ 2,02; R$ 1,43, respectivamente. Esse é o resultado do último levantamento do Ticket Car, produto de gestão de despesas de veículos da Ticket.

Segundo a pesquisa, a região oeste continua sendo a mais econômica para abastecer, com exceção para o GNV que tem o melhor preço na zona norte. Já a zona sul continua como a região mais cara para todos os combustíveis.

Para se ter uma ideia, enquanto o litro da gasolina custa R$ 2,56 na zona oeste, no sul da cidade esse valor é, em média, R$ 2,70. O mesmo vale para o álcool. No Leblon, por exemplo, o preço médio do etanol é R$ 1,92, enquanto em Bangu esse valor é de R$ 1,69, diferença de R$ 0,23 por litro.

(Redação - Agência IN)