Ações da CSN sobem 2,52% após balanço

SÃO PAULO, 4 de novembro de 2009 - Após a Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) divulgar o resultado trimestral, as ações ordinárias da empresa figuravam entre as maiores altas do Índice Bovespa. Há pouco, os papéis cresciam 2,52%, vendidos a R$ 60,08.

A CSN anunciou hoje lucro líquido de R$ 1,15 bilhão no terceiro trimestre deste ano, enquanto que no mesmo período do ano anterior houve um ganho de R$ 40 milhões.

A receita líquida apresentou variação negativa de 26% entre julho e setembro de 2009, ante os mesmos meses do ano passado, somando R$ 2,98 bilhões. Na mesma direção, o lucro bruto teve queda de 44% no trimestre, quando foi contabilizado R$ 1,17 bilhão.

A produção de aço bruto da Usina de Presidente Vargas atingiu 1.177 mil toneladas no período compreendido entre julho e setembro, com decréscimo de 11% na comparação com a mesma época de 2008.

Ainda segundo comunicado, o volume comercializado de aços planos pela CSN foi de 1.320 mil toneladas no trimestre, o que significou um incremento de 4% em relação ao terceiro trimestre de 2008.

(Redação - Agência IN)