Ásia: bolsas recuam à espera de anúncios de BCs

REUTERS

HONG KONG - As bolsas de valores da Ásia terminaram em baixa nesta terça-feira, com investidores aguardando anúncios de importantes bancos centrais do mundo nesta semana em busca de indícios sobre a velocidade de eventuais mudanças na política monetária.

O dólar registrou desvalorização, à medida que o Federal Reserve (FED, o banco central americano)não deve mudar a postura de manter a taxa básica de juro dos Estados Unidos baixa por um período prolongado de tempo, embora possa discutir sobre como preparar os mercados para uma possível mudança.

O Banco Central Europeu (BCE) e o Banco da Inglaterra também devem manter as taxas de juro, na quinta-feira. O banco central da Austrália elevou nesta terça-feira a taxa básica de juro do país pelo segundo mês consecutivo, em um movimento para retirar as políticas de estímulo, mas não alimentou expectativas de nova alta em dezembro.

- Claramente, o BC australiano não queria assustar os investidores ao elevar a taxa básica de juro em 0,5 ponto percentual até agora - disse Craig James, economista-chefe do Comsec, na Austrália. - É uma postura gradual para elevar a taxa de juro.

Em Sydney houve queda de 0,2%, para 4.531 pontos, com investidores preocupados com a instabilidade da recuperação econômica global. O mercado de Seul declinava 0,59%, para 1.549 pontos, conduzido pela fraqueza dos setores de tecnologia e bancário. Contudo, ganhos no segmento de varejo e de ações defensivas forneceram algum suporte.

A bolsa de Taiwn cedeu 0,17%, para 7.322 pontos, atingindo o menor nível de fechamento em um mês, conforme investidores embolsaram lucros de ações de companhias de tecnologia, como a Hon Hai , que se beneficiaram de sólidos resultados corporativos.

Hong Kong caiu 1,76% e Cingapura teve oscilação negativa de 0,9%. Os mercados japoneses estiveram fechados em razão de feriado público. Às 7h55 (de Brasília), o índice MSCI que reúne as principais ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão perdia 1,41%, para 383 pontos.