Cesta de Compras carioca inflaciona 0,31% na 2º semana

SÃO PAULO, 23 de outubro de 2009 - O custo da Cesta de Compras da cidade do Rio de Janeiro - que equivale ao consumo médio de todas as famílias residentes no município - subiu 0,31% na segunda semana de outubro, em relação à anterior, que havia registrado aumento de 0,88%, de acordo com a Fecomércio-RJ. Com o reajuste, a Cesta passou de R$ 390,04 para R$ 391,27.

A alta foi sentida tanto pelas famílias com rendimento até oito salários mínimos quanto por aquelas que recebem acima desse valor. Para o primeiro grupo os gastos ficaram 0,32% maiores. Para o segundo, o avanço foi de 0,31%.

A cebola foi o item que apresentou o maior aumento de preço: 11,59%. Em seguida aparecem o tomate (6,03%) e o açúcar refinado (3,13%). Em sentido contrário, a cenoura (-6,07%), a banana prata (-3,92%) e o ovo de galinha (-3,32%) tiveram os preços reduzidos.

Na análise mensal, compreendida entre 16 de setembro e 15 de outubro, a Cesta de Compras inflacionou 0,72%. Desde o início do ano, o custo da Cesta diminuiu 0,61%. Nos últimos 12 meses apurou-se alta de 2,25%.

A pesquisa Cesta de Compras da cidade do Rio de Janeiro reflete as variações de 6.440 preços, referentes a 39 itens (32 de alimentação, 4 de higiene e 3 de limpeza), de maior peso no orçamento, consumidos por famílias de dez diferentes faixas de renda.

(MLC - Agência IN)