Lucro da Oi tem queda de 71,2%

REUTERS

RIO - A operadora Oi, que concluiu no começo do ano a compra da Brasil Telecom, anunciou nesta quinta-feira lucro líquido de R$ 64 milhões no terceiro trimestre, 71,2% a menos do que o ganho de R$ 222 milhões, registrado no período equivalente de um ano antes.

Em relação ao segundo trimestre deste ano, porém, houve melhora, já que de abril a junho o grupo de telecomunicações teve prejuízo líquido de R$ 146 milhões .

Segundo a empresa, a queda do lucro na comparação anual foi consequência de uma menor geração de caixa, prejudicada por efeitos não recorrentes, apesar da queda nas despesas financeiras líquidas.

A Oi teve receita líquida consolidada de R$ 7,6 bilhões no terceiro trimestre, estável em relação ao mesmo intervalo de 2008.

O grupo encerrou setembro com 60,5 milhões de clientes, em expansão de 651 mil novos usuários no trimestre e de mais de 7,5 milhões em 12 meses.

A Oi Móvel ainda é a principal alavanca, com adições de 886 mil novos clientes no terceiro trimestre e de 7,7 milhões desde setembro de 2008, principalmente devido ao bom desempenho em São Paulo, onde a Oi já supera 10% de participação de mercado , informou a empresa.

A Oi registrou no trimestre Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) de R$ 2,36 bilhões, abaixo dos R$ 2,58 bilhões do terceiro trimestre de 2008.