Serasa: qualidade do crédito ao consumidor é a pior desde 2007

REUTERS

SÃO PAULO - O indicador que avalia a qualidade de crédito do consumidor caiu 0,8% no terceiro trimestre deste ano, de acordo com levantamento divulgado pela Serasa Experian nesta terça-feira. O patamar de 78,2 é o menor valor de toda a série histórica iniciada em 2007.

A pesquisa avalia em uma escala de 0 a 100 a qualidade de crédito do consumidor. Quando o indicador se aproxima do 100, quer dizer que o crédito está melhor e é menor a probabilidade de inadimplência.

Segundo análise da Serasa, a queda do indicador se deve aos efeitos defasados da crise financeira internacional sobre a situação patrimonial das famílias e ao descompasso entre o crescimento do endividamento e da massa real de rendimentos.

- A recuperação da qualidade de crédito do consumidor passa, necessariamente, por medidas que confiram melhor educação financeira por parte das pessoas físicas; aprimoramento dos instrumentos de avaliação de riscos por parte dos concedentes de crédito; e ampliação do universo de potenciais tomadores de crédito - afirmou a Serasa.

De acordo com o levantamento, a região Sul está acima média, com 83,3 pontos, seguida pelo Sudeste com 78,1. Já a região Norte teve a pior qualidade de crédito (74,4).