Prêmios dos DIs seguem em alta no longo prazo

SÃO PAULO, 16 de outubro de 2009 - Os prêmios dos contratos de Depósito Interfinanceiro (DI) negociados na BM&FBovespa continuam sinalizando alta no longo prazo e estabilidade no curto prazo nesta segunda etapa do dia. Há pouco, o DI de janeiro de 2011 projetava juro anual de 10,50%, contra 10,47% do fechamento anterior, após 107,9 mil negócios (R$ 9,5 bilhões).

O DI para janeiro de 2010, registrava taxa de 8,67%, mesma do ajuste anterior. O DI com vencimento em julho de 2010 projetava taxa anual de 9,35%, contra 9,36% do ajuste anterior.

A taxa do DI para janeiro de 2012 projetava juro de 11,63%, frente aos 11,52% do ajuste anterior, com 30,8 mil negócios e giro de R$ 2,4 bilhões.

(Maria de Lourdes Chagas - Agência IN)