Governo suspende medidas de estímulos de ? 21,62 bilhões

SÃO PAULO, 16 de outubro de 2009 - O novo Governo do Japão suspendeu hoje uma série de medidas de estímulos econômicos estimadas em 2,93 trilhões de ienes (?21,62 bilhões) do orçamento extra para o ano fiscal de 2009 elaborado pelo anterior Executivo.

A decisão do novo Governo de Yukio Hatoyama responde às promessas do Partido Democrático (PD), vencedor nas eleições gerais de 30 de agosto, de recortar despesas desnecessárias e destinar mais dinheiro a programas sociais.

(Redação com agências internacionais - Agência IN)