Balanços corporativos penalizam índices europeus

SÃO PAULO, 16 de outubro de 2009 - As bolsas europeias encerraram a sexta-feira em queda, com os investidores repercutindo os balanços corporativos norte-americanos. O FTSE-100, de Londres, caiu 0,63%, aos 5.190 pontos; o DAX, de Frankfurt, perdeu 1,50%, aos 5.743 pontos; e o CAC-40, de Paris, recuou 1,45%, para 3.827 pontos. As bolsas de Madri e Milão declinaram 1,46% e 0,77%, respectivamente.

O mercado acompanhou hoje que o Bank of America (BofA) registrou prejuízo líquido de US$ 1 bilhão no terceiro trimestre deste ano, ante um lucro líquido de US$ 1,2 bilhão observado no mesmo período de 2008. Já a General Electric (GE) teve lucro líquido de US$ 2,49 bilhões no terceiro trimestre de 2009, com queda de 44% quando comparado com o mesmo período do ano anterior.

Os agentes financeiros monitoraram ainda que a balança comercial da zona do euro registrou um déficit de ? 4 bilhões em agosto deste ano, contra um resultado negativo de ? 11,3 bilhões observado no mesmo mês de 2008. Por sua vez, o número de pessoas empregadas na indústria alemã teve declínio de 4,4% em agosto deste ano, quando comparado com o mesmo mês de 2008, somando 5 milhões de pessoas.

(Redação - Agência IN)