Agricultores fecham Champs-Elysées, em Paris

SÃO PAULO, 16 de outubro de 2009 - A principal avenida de Paris, Champs-Elysées, foi bloqueada nesta sexta-feira por 50 agricultores que protestam pela redução de seu faturamento em um dia nacional de manifestações.

A partir das 7h30 (2h30 de Brasília), os produtores de cereais, respondendo a uma convocação dos Jovens Agricultores, um departamento do principal sindicato nacional, e a Federação Nacional de Sindicatos de Explorações Agrícolas (FNSEA), instalaram barreiras nos principais cruzamentos da avenida.

"O mundo agrícola está morrendo", afirmou um dos dirigentes do movimento. "Pedimos um aumento dos preços das matérias-primas", completou, antes de explicar que um quilo de trigo é vendido a 9 centavos de euro, com um custo de produção de 14 centavos.

(Redação com agências internacionais - Agência IN)