Serasa: inadimplência cai pelo 2º mês e volta a nível pré-crise

Portal Terra

BRASÍLIA - A inadimplência do consumidor brasileiro caiu 1,7% em setembro, na segunda queda mensal consecutiva, de acordo com pesquisa da Serasa Experian divulgada nesta quinta-feira. Com relação ao mesmo mês de 2008, houve avanço de 3,9% - a menor variação anual desde junho de 2008, que registrou 7,1%.

Segundo análise da Serasa, a recuperação econômica mostra que a inadimplência está retornando ao nível pré-crise. "A queda dos juros, a recuperação do emprego formal e da massa de rendimentos e a renegociação de dívidas estão dando a oportunidade para o consumidor reorganizar sua situação financeira", afirmou a entidade.

As dívidas com bancos lideraram o ranking de representatividade da inadimplência do consumidor, de janeiro a setembro de 2009, com uma participação no indicador de 44,4%, ante 43,2% no mesmo período do ano anterior. Débitos com cartões de crédito e financeiras são 36,3% do total e os cheques sem fundos 17,3%.

O valor médio das dívidas com os bancos caiu 2,5% no acumulado do ano, de R$ 1.371,35 para R$ 1.337,35. O mesmo aconteceu com os cartões de crédito e financeiras, que tiveram valor médio de R$ 366,31 neste ano, frente a R$ 409,08 no mesmo período de 2008 - uma queda de 10,5%. Já os títulos protestados e os cheques sem fundos registraram crescimento de 16,2% 42,3%, respectivamente.