BID empresta US$ 600 milhões a São Paulo

SÃO PAULO, 14 de outubro de 2009 - O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) aprovou um empréstimo de US$ 600 milhões para o estado de São Paulo, que ampliará um programa de tratamento de esgoto, informou um comunicado divulgado nesta quarta-feira pela instituição.

O crédito servirá para construir obras que ligarão 200 mil residências à rede de saneamento básico, o que deve beneficiar cerca de 800 mil pessoas, explicou o BID.

Além disso, o dinheiro pagará a construção de uma série de estações de tratamento e a reforma de outras já existentes.

"Por muito tempo, o BID foi um aliado dos esforços de São Paulo para prover água potável e saneamento à população, e, consequentemente, contribuir para a limpeza do rio Tietê", disse o chefe do projeto do BID, Fernando Bretas.

Após o fim das obras, a proporção de esgoto tratado na cidade passará dos atuais 66% para 84%, o que diminuirá a quantidade de esgoto não tratado lançado no rio.

(Redação com agências internacionais - Agência IN)