Vendas mundiais de chips sobem 5% em agosto ante julho

REUTERS

BANGALORE - As vendas mundiais de semicondutores avançaram 5% em agosto ante o mês anterior, ajudadas pela recuperação nos gastos dos consumidores, por programas de incentivo para produtos com maior eficiência energética e pela alta nas vendas de laptops, informou a Associação da Indústria de Semicondutores (SIA).

A SIA anunciou que as vendas mundiais de semicondutores chegaram a 19,1 bilhões de dólares em agosto, ante 18,2 bilhões em julho, o que marca o sexto mês consecutivo de crescimento sequencial.

No entanto, as vendas de chips em agosto ficaram 16% abaixo do total vendido no mesmo mês em 2008.

- Diversos programas de incentivo a produtos com maior eficiência energética, em segmentos como automóveis e eletrodomésticos, estimularam a demanda por semicondutores, que acionam tecnologias essenciais para a redução do consumo de energia - afirmou o presidente da SIA, George Scalise, em comunicado.

- Apesar da lenta recuperação da demanda no setor empresarial, estamos encorajados pela virada no ímpeto do setor, depois da mais profunda queda em uma década - disse Scalise.

As vendas de chips até agosto, estimadas em 133,8 bilhões de dólares, acumulam queda de 21,3% contra igual período do ano passado. Mas o ritmo de queda vem diminuindo com relação aos primeiros seis meses de 2009, durante os quais as vendas de chips caíram em 25%, de acordo com a SIA.