Bradesco apresenta novo progarama para idosos

SÃO PAULO, 2 de outubro de 2009 - No Dia Internacional do Idoso, o Grupo Bradesco de Seguros e Previdência, o maior conglomerado de seguros da América Latina, apresenta um programa pioneiro de relacionamento com idosos com o objetivo de melhorar a qualidade de vida desse grupo populacional.

A experiência acumulada pela Bradesco Seguros e Previdência com esse público ao longo dos últimos anos foi a base fundamental para a criação da nova iniciativa, que visa atender parte da população de longevos nas cidades do Rio de Janeiro e São Paulo. Na capital carioca, foi escolhido o bairro de Copacabana, que apresenta maior concentração de idosos. Já na cidade de São Paulo, o bairro selecionado foi o de Higienópolis.

A população mundial está envelhecendo. Em pouco mais de cinco décadas a proporção de pessoas com mais de 60 anos passou de 8% a 11%. Até 2050 deve chegar a 22% ou 2 bilhões de pessoas, segundo projeções da Organização Mundial da Saúde (OMS). No Brasil, os idosos deverão ser 10% da população em 2010, devendo chegar a 30% do total em 2050 (IBGE 2008, "Projeção da População do Brasil").

Com base nessas constatações, e como continuidade de um extenso investimento em questões relacionadas à longevidade, a Bradesco Seguros e Previdência lança um Programa de Aperfeiçoamento Profissional de Porteiros de Condomínios, voltado para melhor atender à população de longevos.

Segundo pesquisa realizada pela empresa, que ratifica estudo anterior - Cidade Amiga do Idoso, essa parcela da sociedade identifica os porteiros como maiores aliados no auxílio de questões do dia-a-dia.

O Programa consiste na realização de um curso de aperfeiçoamento, patrocinado pela Bradesco Seguros e Previdência, que, em parceria com condomínios e seus respectivos síndicos, poderá certificar este profissional em questões relacionadas ao melhor entendimento desta nova fase de vida das pessoas.

"Esse projeto é uma parte importante de nossa estratégia de relacionamento com foco na qualidade de vida das pessoas. É uma oportunidade de liderarmos e estimularmos um processo de transformação de nossa sociedade, para atender a uma demanda que crescerá nos próximos anos", afirma Lúcio Flávio de Oliveira, diretor-geral da Bradesco Vida e Previdência.

O Programa Amigo do Idoso terá início já em novembro, com a realização de um workshop com síndicos e administradoras de condomínios para estimular a inscrição destes profissionais no curso de especialização. A previsão é de que a partir de janeiro do próximo ano já tenha início a primeira turma. O projeto prevê cursos rápidos, com 16 horas de duração e turmas de até 30 profissionais.

(Redação - Agência IN)