Tesouro emite títulos nos Estados Unidos e na Europa

Agência Brasil

BRASÍLIA - O Tesouro Nacional anunciou que está emitindo títulos da dívida externa brasileira em dólares conhecidos como bônus da República com vencimento em janeiro de 2041. Os títulos serão emitidos inicialmente, segundo comunicado do órgão, nos mercados norte-americano e europeu. Dependendo da aceitação, o Tesouro Nacional poderá dar continuidade à emissão na Ásia, após a abertura daquele mercado.

O comunicado diz que o resultado será divulgado ao final da emissão nos mercados norte-americano e europeu. Se houver a operação na Ásia, o resultado total será anunciado após a venda dos papéis nesse mercado. O Tesouro não revelou o volume de papéis que pretende negociar.

O governo brasileiro já tinha anunciado no início do mês que pretendia fazer novas emissões de títulos em dólares conhecidos como Global Bonds este ano no exterior com o objetivo de melhorar a qualidade da dívida do país em moeda estrangeira e também substituir títulos antigos por novos.

Na ocasião, o secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, disse que a nova venda de títulos no exterior tem o objetivo de criar um ponto de referência claro para novas emissões de papéis da dívida, tanto por parte do governo quanto das empresas nacionais diante da nova situação econômica e fiscal do país.

A última emissão do governo de Global Bonds ocorreu em julho, quando o Tesouro Nacional captou US$ 500 milhões em papéis brasileiros vendidos nos mercados europeu e norte-americano e US$ 25 milhões no asiático. Naquela operação foram vendidos títulos com vencimento em 20 de janeiro de 2037.

Arno Augustin destacou que essas operações acabam servindo de parâmetro no mercado externo e ajudam, não só o governo, mas também o setor privado, na emissão de títulos da dívida externa no mercado internacional, além da troca de papéis mais antigos por outros de melhor qualidade.