Governo reduz juros do crédito consignado para aposentados

Agência Brasil

BRASÍLIA - O Conselho Nacional da Previdência Social (CNPS) aprovou nesta quarta-feira a redução dos percentuais de juros do crédito consignado para aposentados e pensionistas e para cartão de crédito. A redução foi aprovada por unanimidade.

Para as operações com crédito consignado em empréstimos pessoais, os juros ficam em 2,34% ao mês e, para o cartão de crédito, em 2,36%. Antes os percentuais eram de 2,5% para o empréstimo pessoal e de 2,5% para o cartão de crédito. A portaria que define as novas taxas deve ser publicada na quinta-feira no Diário Oficial da União.

Para o ministro da Previdência Social, José Pimentel, essa redução poderá ajudar a movimentar a economia. "Eles (aposentados) pagarão menos juros e, com isso, a renda mensal crescerá. O segundo fator é que nós estamos criando condições para que possamos ter na mão do aposentado e do pensionista uma margem maior de crédito com uma taxa de juros menor", afirmou.

A Previdência divulgou também o resultado das operações de crédito consignado no mês de agosto. Foram realizadas em agosto 726 mil operações desse tipo, o que representa crescimento de 136% em relação ao mesmo período de 2008. Em comparação com julho, entretanto, houve queda de aproximadamente 222 mil. Em julho, o total de operações foi de pouco mais de 948 mil.

Em agosto, o valor das operações de crédito consignado foi de R$ 1,84 bilhão. No acumulado do ano, o total chega a R$ 15,2 bilhões.

De acordo com informações do ministério, desde abril, as operações de crédito vêm aumentando, o que coincidiu com o aumento do limite de comprometimento da renda, que passou de 20% para 30%.