China se diz preocupada com flutuações de moedas de reserva

REUTERS

PITTSBURGH - A China afirmou nesta sexta-feira que está preocupada que as flutuações das principais moedas de reserva de valor afetem o crescimento e o valor de seus ativos cambiais. Além disso, o país informou que a cúpula do G20 vai incluir uma "avaliação mútua" das políticas macroeconômicas.

O vice-ministro de Relações Internacionais, He Yafei, reforçou comentários feitos mais cedo pelo presidente Hu Jintao em discurso na reunião. Hu afirmou que os países controlando as principais moedas de reserva de valor devem considerar também as implicações internacionais de suas políticas.

O vice-minitro acrescentou que as preocupações sobre a estabilidade é real para a China, com sua imensa reserva em moeda estrangeira. "Naturalmente, estamos preocupados com as flutuações dessas moedas porque isso tem um impacto direto no valor de nossos ativos", disse.

"Para manter um crescimento econômico estável e renovado, nós precisamos garantir coordenação da política macroeconômica, especialmente entre as principais economias", afirmou He.

Ele disse ainda que os líderes do G20 reunidos em Pittsburgh devem discutir a ideia de um "sistema de avaliação mútua", de modo que os países do grupo possam examinar as políticas uns dos outros. "Acho que isso deve incluir as políticas dos países com as principais moedas de reserva."