Inflação fica estável em São Paulo

REUTERS

SÃO PAULO - A inflação ao consumidor em São Paulo ficou praticamente estável no início de agosto, quando maiores preços de Habitação e uma menor queda em Vestuário foram contrabalançados por um arrefecimento dos alimentos. O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) subiu 0,35% na primeira quadrissemana deste mês, após avançar 0,33% no mês de julho.

Os custos de Habitação tiveram alta de 0,55%, em razão do reajuste de energia elétrica, ante elevação anterior de 0,23%.

Os de Vestuário caíram 0,19% na abertura do mês, abaixo da queda de 0,77% em julho.

Por outro lado, os preços de Alimentação desaceleraram a alta para 0,39%, ante 0,90% no mês passado.

O IPC da primeira quadrissemana mediu os preços de 8 de julho a 7 de agosto.