Comerciantes apostam em um Dia dos Pais promissor

JB Online

RIO DE JANEIRO - Os comerciantes cariocas estão otimistas com a aproximação do Dia dos Pais. Segundo pesquisa do Centro de Estudos do Clube de Diretores Lojistas do Rio de Janeiro (CDL-Rio), que ouviu 500 lojistas da cidade, as vendas devem aumentar 10% em relação ao ano passado.

De acordo com o CDL-Rio os comerciantes acreditam que roupas (27,8%), calçados (19,4%), jóias e bijuterias (16,9%), carteiras e acessórios (11,1%), perfumes (8,1%), produtos elétricos/eletrônicos (6,9%), artigos esportivos (5,6%), celulares (2,8%) e máquinas fotógráficas

(1,4%) devem ser os presentes mais vendidos. Os lojistas acreditam também que o preço médio dos presentes por pessoa deve ser de cerca de R$ 100,00 e que os clientes deverão utilizar o cartão de crédito parcelado como forma de pagamento, seguido do cheque pré-datado e à vista, dinheiro e cartão de débito e a prazo (crediário).

- Os empresários inovaram bastante este ano para seduzir os consumidores e apostaram nas promoções, diversificação de planos de pagamento e crediário mais fácil. A julgar por esses últimos quinze dias, a estratégia vem atingindo os seus objetivos. Por isso a expectativa do comércio lojista do Rio é animadora e os empresários estão oferecendo preços bastante competitivos para estimular as vendas. Além disso, a recente melhoria na evolução do emprego, que aumenta a confiança dos consumidores, e uma melhoria no crédito e queda da taxa de juros, que começam a ocorrer, também deverão contribuir favoravelmente disse o presidente do CDL-Rio, Aldo Gonçalves.

Apostando nas boas vendas, os comerciantes aumentaram os seus estoques e, como estratégia para atrair os consumidores, 38,9% fazem promoções, 33,3% investem em propaganda, 33,3% na decoração da loja e vitrine, 22,2% no lançamento de produtos, 22,2% na criação de kits promocionais e facilitam a forma de pagamento, liquidação e

desconto no total das compras.