Ibovespa termina sessão em leve alta de 0,17%

SÃO PAULO, 27 de julho de 2009 - Após recente valorização, os investidores aproveitaram a sessão no mercado acionário brasileiro para realizar lucros e assimilar notícias corporativas. No entanto, no final dos negócios, com a virada dos principais índices norte-americanos, o Ibovespa acompanhou o movimento e registrou alta de 0,17%, aos 54.548 pontos. O giro financeiro da bolsa estava em R$ 4,13 bilhões.

"O índice passa por uma resistência técnica, que é bem relevante no momento, na faixa entre 54 mil e 54,5 mil pontos. É uma zona que vai chamar muita venda por isso os investidores devem ter cuidado ao assumirem posições compradas", alerta Adriano Moreno, estrategista da Futura Investimentos.

Além disso, Moreno complementa que apesar de não haver sinalização negativa em termos de conjuntura, o clima de cautela se justifica pelo período de fortes ganhos. No ano, o Ibovespa acumula alta de 45,26%.

Dentre os destaques no mercado brasileiro vale ressaltar os números contidos no boletim Focus, divulgado pelo Banco Central (BC). A projeção dos analistas do mercado financeiro para o desempenho da economia brasileira em 2010 foi revisada para baixo, passando de 3,60% na semana anterior para 3,50% na última medição.

No Ibovespa, também vale mencionar as ações preferenciais da Vale, que ficaram entre as mais negociadas do índice durante a sessão, com elevação de 0,77%, cotadas a R$ 32,43. Enquanto isso, as preferenciais da Petrobras registraram declínio de 0,15%, cotadas a R$ 32,45.

No âmbito externo, nem mesmo um indicador norte-americano melhor do que o previsto conseguiu incentivar os agentes para as compras. As vendas de imóveis novos subiram 11% em junho deste ano, frente ao mês anterior, enquanto que o mercado projetava uma expansão em torno de 3%.

E dando continuidade a temporada de balanços, a seguradora Aetna anunciou lucro líquido de US$ 346,6 milhões (US$ 0,77 por ação) entre abril e junho deste ano, mostrando recuo de 28% frente ao mesmo período de 2008.

Já a varejista RadioShack Corporation lucrou US$ 48,8 milhões (US$ 0,39 por ação) no segundo trimestre deste ano, com alta de 17% em relação ao mesmo período do ano passado. Por sua vez, a Verizon teve lucro de US$ 3,16 bilhões (US$ 0,52 por ação) no segundo trimestre deste ano, representando um declínio de 7,2% quando comparado com o mesmo período do ano anterior.

Os agentes financeiros também centraram suas atenções nas palavras do presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Ben Bernanke. O executivo, durante gravações de um programa, defendeu as ações da entidade e reafirmou sua percepção de melhora da economia do país, apesar de seu estado ainda vulnerável.

(Déborah Costa - Agência IN)