DI de janeiro de 2011 fecha com taxa anual de 9,77%

SÃO PAULO, 27 de julho de 2009 - As projeções de juros embutidos nos contratos de Depósito Interfinanceiro (DI) negociados na BM&FBovespa encerraram o dia sinalizando estabilidade no curto prazo e queda nos vencimentos mais longos. O contrato de DI de janeiro de 2011 ficou em 9,77%, ante 9,81% do ajuste anterior. Este papel foi o mais negociado com 73,7 mil contratos negociados e giro de R$ 6,4 bilhões.

O DI de outubro deste ano fechou com taxa anual de 8,61%, mesma do ajuste de sexta-feira, com 4,3 mil transações efetuadas e giro de R$ 428 milhões. O contrato para janeiro de 2010 apontou taxa anual de 8,63%, estável em relação ao último fechamento, com 13,8 mil contratos e giro de R$ 1,3 bilhão. Janeiro de 2012 indicou juro de 10,84%, frente aos 10,88% do ajuste passado, após 57 mil negócios (R$ 4,4 bilhões).

(Maria de Lourdes Chagas - Agência IN)