Balança registra superávit; vendas para o exterior somam US$ 3,4 bi

Jornal do Brasil

DA REDAÇÃO - A balança comercial brasileira registra superávit de US$ 653 milhões na quarta semana de julho, entre os dias 20 e 26, conforme números divulgados nesta segunda-feira pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

As vendas do Brasil para exterior alcançaram US$ 3,424 bilhões e as compras, US$ 2,771 bilhões. Até a quarta semana do mês, as exportações ficaram em US$ 11,512 bilhões e as importações, em US$ 8,708 bilhões, com um saldo no período de US$ 2,804 bilhões. No acumulado do ano, o saldo da balança comercial brasileira subiu para US$ 16,791 bilhões, com exportações de US$ 81,464 bilhões e importações de US$ 64,673 bilhões.

A média das exportações por dia útil de janeiro a julho, até a quarta semana deste mês, ficou em US$ 889,2 milhões e de importações, US$ 744,4 milhões. Nessa comparação, houve uma queda de 23,4 % nas exportações e de 29,6% nas importações, na comparação com igual período de 2008.

Previsões

O boletim Focus divulgado nesta segunda-feira pelo Banco Central prevê um superávit maior do que o previsto no anterior.

A projeção para o superávit comercial saldo positivo de exportações menos importações subiu de US$ 22,9 bilhões para US$ 23 bilhões, neste ano. Para 2010, a expectativa foi ajustada de US$ 20 bilhões US$ 19,7 bilhões.

O dólar deve valer R$ 1,95 ao final deste ano e R$ 2 ao fim de 2010, as mesmas estimativas da semana passada. Para o déficit em transações correntes registro das compras e vendas de mercadorias e serviços do Brasil com o exterior , a estimativa foi mantida em US$ 15,1 bilhões neste ano e subiu de US$ 22 bilhões para US$ 22,25 bilhões em 2010.

Os analistas continuam prevendo um péssimo 2009 para a produção industrial, com queda de 6,29%.