Ministro alemão sinaliza fim da recessão no país

REUTERS

BERLIM - O ministro da Economia da Alemanha sinalizou que há uma boa chance de o país sair da sua mais severa recessão desde a 2a Guerra Mundial no segundo trimestre ao afirmar que a atividade como um todo estabilizou.

Após uma série de dados melhores, um oficial sênior do governo disse à Reuters que o produto interno bruto alemão ficou estável no segundo trimestre, talvez com uma leve expansão.

O relatório mensal do ministro para julho disse que a maior economia da Europa parece ter se recuperado da retração de 3,8% no primeiro trimestre, a maior desde a reunificação da Alemanha em 1990.

- Há muito sugerindo que a atividade econômica como um todo pode ter estabilizado no segundo trimestre deste ano - disse o ministro no relatório.

De modo geral, o governo espera que a economia registre uma contração recorde de 6% este ano. Mas o ministro disse que a perspectiva para a produção industrial e para as exportações têm melhorado.

- Internamente, as ações decorrentes dos pacotes de estímulos econômicos estão começando a ter um impacto. O consumo privado, que está se beneficiando disso, deve continuar dando suporte - afirmou o ministro.