Tesouro vende oferta integral de títulos públicos em leilão

REUTERS

BRASÍLIA - O Tesouro Nacional vendeu integralmente a oferta de 7,15 milhões de títulos públicos em leilão nesta quinta-feira. A operação foi equivalente a R$ 7,732 bilhões e a liquidação acontece na sexta-feira.

No caso das LTN, foram vendidos os 500 mil papéis com vencimento em outubro de 2010, à taxa máxima de 9,4679% (PU 896,615000) e média de 9,4655% (PU 896,639500), e os 4 milhões com resgate em julho de 2011, com taxa máxima de 10,7399% (PU 819,740727) e média de 10,7344% (PU 819,821041).

Na oferta de NTN-F, o mercado absorveu o lote integral de 2 milhões de papéis para janeiro de 2013, com taxa máxima de 12,0690% (PU 950,379476) e média de 12,0586% (PU 950,641813), e de 150 mil títulos para janeiro de 2017, à taxa máxima de 12,9799% (PU 871,156510) e média de 12,9448% (PU 872,585368).

Como a oferta de LTN e NTN-F foi vendida integralmente, o Tesouro realizará uma segunda volta, das 15h às 16h, com oferta de 20% do volume desses vencimentos.

O Tesouro também vendeu 296.750 LFT com prazo setembro de 2013, ao par, e 203.250 papéis para setembro de 2015, também ao par.

Também neste caso, como o lote inicial de até 500 mil LFT foi colocado na sua totalidade, o Tesouro fará uma segunda volta, com 5% da oferta.