JP Morgan e China impulsionam Europa

SÃO PAULO, 16 de julho de 2009 - As bolsas europeias terminaram a quinta-feira em alta e acumulam o quarto dia seguido de valorização. O balanço positivo do JP Morgan e o crescimento expressivo da economia chinesa animaram os negócios, assim como o avanço no preço das commodities.

O índice CAC-40, da bolsa de Paris, subiu 0,90%, para 3.199 pontos. Em Londres, o FTSE-100 avançou 0,35%, para 4.361 pontos. O DAX, de Frankfurt, ganhou 0,58%, para 4.957 pontos. As bolsas de Madri e Milão subiram 0,93% e 0,54%, respectivamente. Apenas o índice PSI 20, de Lisboa, terminou em baixa (-0,30%).

O grupo JPMorgan Chase teve lucro líquido de US$ 2,721 bilhões no segundo trimestre deste ano, acréscimo de 35% na comparação com o mesmo período do ano passado. O resultado beneficiou as ações dos bancos europeus. O BNP Paribas subiu 1,66%, o Barclays avançou 0,48% e o Santander ganhou 0,49%.

Também favoreceu o desempenho positivo na Europa o Produto Interno Bruto (PIB) da China acumulado na primeira metade do ano, que chegou a 13,98 trilhões de iuanes (US$ 2,04 trilhões), o que representa um aumento de 7,1% em relação ao mesmo período de 2008.

A alta das commodities, principalmente ouro e petróleo, levou as ações de empresas produtoras de matérias-primas a encerrarem com ganhos. A ENI subiu 0,78% e a Total ganhou 0,44%.

(Sérgio Toledo - Agência IN)