IPC-S acelera para 0,37% na segunda prévia de julho

SÃO PAULO, 16 de julho de 2009 - O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) apresentou alta de 0,37% na segunda prévia de julho, com alta de 0,6 ponto percentual ante o registrado na primeira medição do mês. As informações foram divulgadas nesta manhã pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

De acordo com a instituição, a alta do índice foi puxada pelo grupo habitação (de 0,20% para 0,35%). A aceleração é justificada pelo comportamento da taxa do item tarifa de eletricidade residencial (de -0,73% para 0,80%).

Também registraram acréscimo: Transportes (de -0,09% para 0,01%), despesas diversas (de 0,05% para 0,11%) e educação, leitura e recreação (de -0,06% para -0,04%). Com destaque para os itens: Álcool combustível (de -3,06% para -1,89%), alimento para animais domésticos (de 0,24% para 0,83%) e jornais e revistas (de -0,26% para 0,08%).

O grupo alimentação teve a mesma variação da semana anterior (0,73%). No sentido ascendente, vale citar: Hortaliças e legumes (de -1,30% para -0,76%) e Frutas (de -0,15% para 0,86%). Já itens de laticínios recuaram (de 6,14% para 4,97%), assim como carnes bovinas (de -0,18% para -0,79%).

Os únicos grupos a apresentarem decréscimo na taxa de variação foram: Saúde e cuidados Pessoais (de 0,29% para 0,26%) e Vestuário (de 0,44% para 0,42%). O movimento foi influenciado pelo comportamento dos itens medicamentos em geral (de 0,55% para 0,40%) e roupas (de 0,61% para 0,53%).

(Carina Urbanin - Agência IN)