Dólar recua, mas investidores se mostram cautelosos

SÃO PAULO, 16 de julho de 2009 - O dólar recua pelo quarto dia seguido, mas com menos intensidade, com os investidores avaliando com cautela importantes resultados corporativos. Instantes atrás, a moeda norte-americana cedia 0,31%, a R$ 1,929 na compra e R$ 1,931 na venda.

O banco JPMorgan anunciou lucro líquido de US$ 2,721 bilhões no segundo trimestre deste ano, volume 35% superior na comparação com o mesmo período de 2008. A receita líquida da instituição também teve acréscimo, passando de US$ 19,678 bilhões em 2008 para US$ 27,709 bilhões neste ano. No entanto, o ganho por acão recuou de US$ 0,53 para US$ 0,28.

Na agenda do dia, os pedidos semanais por seguro-desemprego nos EUA ficaram abaixo do esperado, ao recuar em 47 mil na última semana, acumulando no total 522 mil novas solicitações, enquanto era esperado algo em torno de 553 mil. Na Ásia, o Produto Interno Bruto (PIB) da China surpreendeu positivamemte ao registrar expansão de 7,9% no segundo trimestre, frente aos 6,1% mensurados no trimestre anterior. Os números reforçam as expectativas acerca da recuperação da economia mundial.

Mesmo diante do ambiente favorável, as principais bolsas de valores operam sem tendência, após a euforia de ontem, o que ajuda a conter maiores oscilações do câmbio.

(Simone e Silva Bernardino - Agência IN)