Arrecadação cai pelo 8º mês e acumula R$ 321 bi no semestre

Portal Terra

BRASÍLIA - A arrecadação de impostos e contribuições federais ficou em R$ 54,034 bilhões em junho, segundo divulgou a Receita Federal. Foi a oitava queda consecutiva na arrecadação em comparação a um mês anterior e um recuo real de 7,51% em relação a junho de 2008, quando foi de R$ 58,424 bilhões.

No ano, a arrecadação acumula R$ 321,375 bilhões, 7,02% a menos em relação ao primeiro semestre do ano passado. Os dados são corrigidos pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Na véspera, o governo anunciou a demissão de Lina Maria Vieira do comando da Receita. Ela foi substituída interinamente por Otacílio Dantas Cartaxo, secretário-adjunto do órgão.

A redução da arrecadação na comparação ano a ano deveu-se a uma redução no crescimento de indicadores macroeconômicos.

- Os principais indicadores macroeconômicos que influenciam diretamente a arrecadação de tributos, em especial a produção industrial, lucratividade das empresas e o volume geral de vendas no varejo, apresentaram forte desaceleração em relação aos fatos geradores da arrecadação dos primeiros seis meses de 2008 - apontou a Receita em comunicado.

A redução na arrecadação do primeiro semestre de 2009 em relação ao mesmo período de 2008, decorrente de desonerações tributárias, foi estimada em cerca de R$ 13 bilhões.

Em relação a maio (R$ 49,83 bilhões), houve alta de 7,64% na arrecadação de junho. De acdordo com a Receita, os principais motivos para esse movimento foram o recolhimento semestral do Imposto de Renda Retido na Fonte (IRFF) e mudança do prazo de apuração e recolhimento do IPI-Fumo e ajuste das alíquotas.

Com Reuters.