Ex-presidente de estatal é condenado à morte

SÃO PAULO, 15 de julho de 2009 - O ex-presidente da companhia petrolífera estatal da China Sinopec Chen Tonghai foi condenado hoje à pena de morte com dois anos de suspensão por suborno.

A condenação foi dada por um tribunal popular de Pequim. A suspensão por dois anos prevê que a pena pode ser trocada pela prisão perpétua caso o réu tenha bom comportamento durante esse intervalo de tempo.

(Redação - Agência IN)