Delfim Neto deixa o Conselho Curador da EBC

Agência Brasil

BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva dispensou, a pedido, o economista e ex-ministro Antônio Delfim Neto da função de membro do Conselho Curador da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). O ato está no Diário Oficial da União desta quarta-feira.

Delfim, cujo mandato iria até 2 de dezembro deste ano, será substituído pelo professor de Comunicação da Universidade de Brasília Murilo César Ramos.

O Conselho Curador é o instrumento de participação da sociedade na gestão de empresas públicas de comunicação. O Conselho Curador da EBC é composto por 22 membros: 15 representantes da sociedade civil, quatro do governo federal, um de cada casa do Congresso Nacional (Câmara e Senado) e um dos funcionários da empresa. Para garantir o rodízio dos integrantes, metade dos atuais conselheiros tem mandato de apenas dois anos.

Indicados pelo presidente da República, os 15 conselheiros que representam a sociedade civil são personalidades que, em seu conjunto, expressam a pluralidade de opiniões, origens regionais e inclinações políticas. O atual presidente é o economista Luiz Gonzaga Belluzzo.