Bovespa dispara 5% impulsionada por EUA e Vale

REUTERS

SÃO PAULO - A tendência positiva do mercado acionário doméstico ganhava ainda mais força nesta quarta-feira, acompanhando o forte otimismo de Wall Street. Às 16h16 (de Brasília), o Ibovespa disparava 5,14%, para 51.385 pontos. O giro financeiro da sessão era de R$ 5,1 bilhões.

Segundo profissionais do mercado, os investidores reagiam à combinação de dados econômicos e corporativos melhores do que as expectativas nos Estados Unidos. O movimento era reforçado por ganhos elevados das ações da Vale, que teve a recomendação elevada pelo Merrill Lynch.

No cenário externo, a fabricante de chips de computador Intel reportou na terça-feira à noite lucro acima das expectativas no segundo trimestre, levantando as ações do setor de tecnologia.

Além disso, o Federal Reserve (FED) de Nova York anunciou nesta manhã que o Empire State, importante índice econômico regional dos EUA, subiu em julho para o ponto mais forte desde abril de 2008. Além disso, a produção industrial do país se retraiu em 0,4% em junho, menos que o esperado.

- Tem um panorama todo positivo lá fora, não tinha como a Bovespa não seguir - disse Vladimir Caramaschi, economista-chefe do Credit Agricole.