Status do dólar continuará reconhecido, diz Banco Mundial

REUTERS

NOVA YORK - O papel do dólar americano como a moeda de reserva global não está atualmente em risco, mas Washington deve ter atenção às preocupações sobre o grande e crescente déficit fiscal, afirmou nesta terça-feira o presidente do Banco Mundial, Robert Zoellick.

- Os Estados Unidos devem encarar todos esses (comentários feitos por) analistas, como sérios comunicados sobre a necessidade de preservar o status único do dólar como moeda de reserva - disse Zoellick antes do encontro dos líderes do G8 na Itália.

- Isso significa garantir, depois dos planos de estímulo, restaurar a disciplina fiscal e ter uma política monetária sólida - acrescentou.

China, Rússia e Brasil têm dito que usarão o encontro desta semana para promover seu ponto de vista de que o mundo necessita para iniciar a busca por uma nova moeda global de reserva como uma alternativa para o dólar. Porém, fontes do G8 disseram à Reuters que não esperam uma discussão séria sobre a questão.