Participação de estrangeiro na bolsa cai em junho

SÃO PAULO, 7 de julho de 2009 - A BM&FBovespa informou hoje que em junho, os investidores estrangeiros detiveram 36,50% da participação no volume financeiro, frente aos 37,16% em maio. As pessoas físicas ocuparam a segunda posição, com 28,61%, ante 31,80%.

Os investidores institucionais ficaram com participação de 25,65%, enquanto que no mês anterior foi de 23,77%. As instituições financeiras seguiram com 6,10%, face 5,22%; as empresas, com 3,10%, contra 2,01% e o grupo outros com 0,05% frente a 0,03%.

Já o balanço da negociação dos investidores estrangeiros na BM&FBovespa, está negativo em R$ 1.093.086.433,00 em junho resultado de vendas no valor de R$ 41.543.405.904,00 e de compras de ações de R$ 40.450.319.471,00.

Até junho de 2009, o fluxo de recursos dos investidores estrangeiros para o mercado de ações brasileiro está positivo em R$ 12.064.162.610,50, resultado de R$ 1.957.009.261,50 em aquisições realizadas pelos estrangeiros nas ofertas públicas de ações e do saldo positivo da negociação direta na BM&FBovespa, de R$ 10.107.153.350,00.

(Redação - Agência IN)