Expectativa dos empresários permanece estável

SÃO PAULO, 7 de julho de 2009 - Apesar da queda na receita real, as expectativas dos empresários permanecem estáveis. Em junho, 46% dos donos de Micro e Pequenas Empresas (MPEs) declararam acreditar em melhora no faturamento da empresa nos próximos seis meses - mesmo índice de maio deste ano.

Quanto à economia brasileira, a proporção de empresários que acreditam em melhora no nível da atividade econômica nos próximos seis meses se alterou de 45% em maio para 43% em junho deste ano. Em compensação, a parcela que acredita em manutenção de atividade da economia variou de 47% em maio para 49% em junho de 2009.

Esses foram os principais resultados da pesquisa Indicadores Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena Empresa (Sebrae-SP), realizada em maio de 2009, com a colaboração da Fundação Seade. A pesquisa monitora mensalmente o desempenho de 2,7 mil MPEs em todo o estado, apresentando também dados para quatro regiões: capital (cidade de São Paulo), Grande ABC, Região Metropolitana de São Paulo (39 municípios) e Interior.

(Maria de Lourdes Chagas - Agência IN)