Dólar recua, seguindo clima ameno do exterior

SÃO PAULO, 7 de julho de 2009 - Após subir na sessão de ontem, o dólar voltou a operar em queda nesta terça-feira, acompanhando o clima ameno dos mercados internacionais. Instantes atrás, a moeda norte-americana cedia 0,51%, para R$ 1,952 na venda. Os mercados se atentam nesta manhã as declarações da assessora de Barack Obama, Laura Tyson, que defendeu a necessidade de um novo pacote de estímulos à economia dos EUA.

Na Europa, mensagem semelhante são observadas. Ministros de Finanças reafirmaram a necessidade de medidas de incentivo fiscal, durante as reuniões que antecedem o encontro de cúpula do G8.

Internamente, espera-se por uma possível elevação do rating soberano do Brasil pela agência de classificação de risco Moody´s. Ontem, a agência colocou em revisão para possível elevação os ratings "Ba1" de dívida em moeda local e estrangeira do governo. Segundo a Moody´s, a revisão foi motivada pela confirmação de uma maior resistência da economia a choques.

(Simone e Silva Bernardino - Agência IN)