Mantega: vamos cortar mais despesas diante de arrecadação menor

REUTERS

SÃO PAULO - O ministro da Fazenda, Guido Mantega, admitiu nesta segunda-feira que o governo vai reduzir despesas diante da queda da arrecadação de impostos provocada pela crise financeira global.

- Vamos cortar mais despesas para acomodar a queda na arrecadação - disse a jornalistas durante a posse do novo presidente da Nossa Caixa.

Mantega não detalhou onde haverá cortes, mas reiterou que o reajuste de servidores previsto para este mês está 'garantido' e que o governo não vai mexer em programas considerados prioritários.

O ministro disse ainda que poderá haver novas liberações de depósitos compulsórios 'se o governo achar conveniente'. Até o momento, foram liberados cerca de 100 bilhões de reais para ajudar a economia a enfrentar a turbulência externa e a retração do crédito.