IPC-C1 desacelera para 0,14% em junho

SÃO PAULO, 6 de julho de 2009 - O Índice de Preços ao Consumidor Classe 1 (IPC-C1) registrou alta de 0,14% em junho deste ano, com decréscimo de 0,55 ponto percentual quando comparado ao mês anterior, segundo dados divulgados hoje pela Fundação Getúlio Vargas. No acumulado do ano até junho, o índice aponta variação de 2,99%. Nos últimos 12 meses, o incremento é de 4,35%. O IPC-C1 calcula a variação dos preços com base nas despesas de consumo das famílias com renda entre 1 e 2,5 salários mínimos.

De acordo com a instituição, os grupos que mais contribuíram para a desaceleração do índice em junho foram Habitação (de 1,27% para -0,02%) e Despesas Diversas (de 7,15% para 0,24%). Com destaque para os itens tarifa de eletricidade residencial (de 2,79% para -2,61%) e cigarros (de 11,89% para 0,09%).

Também recuaram: Vestuário (de 0,78% para 0,42%), Saúde e Cuidados Pessoais (de 1,17% para 0,08%), Transportes (de 0,00% para -0,03%) e Educação, Leitura e Recreação (de -0,02% para -0,54%).

O grupo Alimentos foi o único a apresentar alta no mês, passando de -0,08 em maio, para 0,31% em junho. O incremento foi puxado pelos itens: Aves e ovos (de -1,65% para 2,74%), laticínios (de 5,18% para 7,40%), adoçantes (de -0,87% para 3,29%), pescados frescos (de -3,10% para 1,27%) e óleos e gorduras (de -1,65% para 1,42%).

(Carina Urbanin - Agência IN)