Governo prorroga prazo para negociação débitos

SÃO PAULO, 6 de julho de 2009 - O Governo Federal prorrogou o prazo para renegociação das dívidas oriundas de operações de créditos rurais inscritas na Dívida Ativa da União (DAU). Com a medida, os mutuários terão até 30 de setembro para renegociarem os débitos inscritos em DAU até o dia 29 de maio deste ano, junto ao Banco do Brasil, agente financeiro contratado pela Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN).

Continuam em vigor as regras de parcelamento em até 10 anos, em parcelas semestrais ou anuais, com descontos progressivos que vão de 33% a 65% do valor devido. Já para a liquidação total das dívidas, que vai até 30 de dezembro, os descontos ficam na faixa de 38% a 70% do valor da dívida. No caso de parcelamento, o valor da parcela será acrescido de taxa Selic e a concessão da renegociação independerá de apresentação de garantias ou de inclusão de bens.

Até 29 de junho, 1,9 mil mutuários já haviam renegociado seus débitos, atingindo R$ 1 bilhão. Do valor total renegociado, já foram efetivados R$ 535 milhões referentes à 1,3 mil mutuários.

(SSB - Agência IN)