Tata Motors tem 1º prejuízo em oito anos

SÃO PAULO, 26 de junho de 2009 - O principal fabricante indiano de automóveis, o grupo Tata Motors, anunciou nesta sexta-feira as primeiras perdas registradas em oito anos e advertiu que poderá haver novas demissões em suas marcas britânicas Jaguar e Land Rover, afetadas pela desaceleração da economia mundial.

O grupo Tata Motors (incluindo a Jaguar e a Land Rover) sofreu uma perda líquida de 25 bilhões de rúpias indianas (cerca de US$ 520 milhões) no exercício orçamentário 2008/2009, concluído no final de março, depois de um lucro líquido de 21,7 bilhões de rúpias indianas no exercício anterior.

Sem incluir as firmas britânicas, o lucro líquido anual caiu 50%, ficando em 10 bilhões de rúpias indianas.

O presidente adjunto da Tata Motors, Ravi Kant, indicou que as vendas de modelos Jaguar e Land Rover caíram 32% entre junho de 2008 e março. O grupo já havia anunciado em janeiro a supressão de 450 empregos, 300 deles executivos.

(Redação com agências industriais - Agência IN)