Agência afirma que LBG vai demitir 1.400 na Grã-Bretanha

Agência AFP

LONDRES - O britânico Lloyds Banking Group (LBG) projeta a demissão de mais 1.400 funcionários, informa a agência inglesa Press Association, com base em fontes da indústria.

Um porta-voz do LBG declarou à AFP que o banco não comentaria especulações. A agência informa que a maior parte dos novos cortes acontecerá com o fechamento da filial Cheltenham & Gloucester, que possui 164 agências na Grã-Bretanha.

O LBG já demitiu 3.000 funcionários desde sua criação em janeiro, após a fusão entre o Lloyds TSB e o rival Halifax Bank of Scotland (HBOS) em uma operação de resgate organizada pelo governo britânico.