Hewlett Packard vai cortar 5,7 mil empregos na Europa

Agência AFP

PARIS - O grupo Hewlett Packard, primeiro fabricante mundial de computadores, cortará 5,7 mil empregos entre 2009 e 2010 em suas fábricas européias, dentro de seu plano de reestruturação anunciado recentemente, indicaram nesta sexta-feira fontes sindicais.

- A direção anunciou durante um comitê europeu que previa 5,7 mil demissões na Europa em um prazo de dois anos - indicou em um comunicado o sindicato CFTC, que diz temer mais de 1 mil demissões na França nos 12 próximos meses.

François Godard, delegado central do sindicato CFDT, confirmou o anúncio de 5,7 mil demissões na Europa em um prazo de dois anos. Ao mesmo tempo, denunciou a confusão que existe sobre o número de demissões, inclusive as 6,4 mil anunciadas em 19 de maio pelo presidente do grupo, Mark Hurd, no mundo, mas em um prazo de um ano.

Não há informações sobre a repartição destas 5,7 mil demissões na Europa, disseram o CFTC e o CFDT.